segunda-feira, 31 de março de 2014

ESCOLA DA REDE MUNICIPAL ENFRENTA GRANDES DIFICULDADES PARA ATENDER A COMUNIDADE ESCOLAR

Escola Valdina Torquato do Nascimento
A escola é uma organização que sempre precisou mostrar resultados - o aprendizado dos alunos. Porém nem sempre eles são positivos. Para evitar desperdício de esforços e fazer com que os objetivos sejam atingidos ano após ano, sabe-se que é necessária a presença de gestores que atuem como líderes, capazes de implementar ações direcionadas para esse foco. 
Na comunidade escolar, é recomendável que essa liderança seja exercida pelo diretor. Na maioria das vezes, só o esforço da equipe gestora e funcionários não são suficientes para a garantia constitucional de uma educação de qualidade para nossas crianças e jovens.
A escola de ensino infantil e fundamental Valdina Torquato do Nascimento, fundada em 2006, é uma das escolas que está passando por grandes dificuldades em atender a comunidade daquela região, pois o número de alunos a serem atendidos cresceu consideravelmente. 
A escola localizada na Br 364 foi construída com apenas duas salas de aula, um banheiro, uma cantina e uma secretaria, onde no primeiro momento atendia a clientela de 37 alunos, sendo uma sala multisseriada 2ª, 3ª e 4ª series e outra com a 1ª série. 
Segundo o diretor Valter Nascimento de Souza, atualmente, a Escola atende 335 alunos de Ensino Infantil, Fundamental e EJA nos três turnos. "Quanto a infraestrutura escolar está deixando a desejar muito, haja visto que a mesma é constituída com apenas 4 salas de aulas, sendo necessário trabalhar com anexos, o que hoje está sendo o nosso maior desafio pois o trabalho é triplicado; o deslocamento da sede até os anexos, sendo um no Bairro do Corcovado com 2 turmas e outro anexo no Crais com 4 turmas. Com todos esses desafios, é a quarta escola com maior quantidade de alunos da Rede Municipal e a qualidade de ensino na mesma vem melhorando a cada ano, com melhoras significativas no IDEB". 
Valter afirma que já encaminhou vários ofícios solicitando providências em relação a estrutura física da escola, como a construção de um novo prédio que venha a atender as necessidades daquela comunidade, mas até agora, a atual administração não se sensibilizou sobre seus pedidos.
Além da falta de espaço, a escola enfrenta dificuldades também quanto ao acesso à água potável para os alunos beberem e para a preparação da merenda. O gestor e sua equipe, às vezes tem que se ausentar da escola e ir em busca de água para garantir o acesso e a permanência dos alunos na escola.








Nenhum comentário:

Postar um comentário