quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Secretaria de Educação divulga inscrições deferidas da certificação de diretores

Após averiguar mais de mil inscrições, a comissão organizada pela Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE) divulgou na última segunda-feira, 24, a lista das inscrições deferidas e indeferidas para o processo de certificação dos candidatos à função de gestor escolar.

As relações podem ser acessadas no site da SEE, onde também é possível baixar a ficha para entrar com recursos até o dia 26 de agosto.

Após o prazo para avaliação dos recursos, está prevista para 1º de setembro a divulgação da lista final com os inscritos selecionados. Quando as inscrições forem homologadas, os candidatos devem se matricular no curso de capacitação, que será oferecido na modalidade Ensino a Distância (EaD) e terá carga horária de 80h/aula, dividida em oito módulos.

“No curso, os candidatos estarão sendo habilitados em áreas específicas de formação, como ordenação de despesas e administração pessoal e de conflitos”, destacou Evaldo Viana, diretor de gestão da SEE.

Cronograma de execução do processo de certificação

20/07/2015 – Publicação do edital
27/07 a 14/08/2015 – Inscrição de candidatos
24/08/2015 – Divulgação da lista de inscrições deferidas e indeferidas
25 e 26/08/2015 – Admissão de recursos
31/08/2015 – Divulgação do julgamento dos recursos
01/09/2015 – Homologação da lista de inscritos no processo
02 a 09/09/2015 – Matrícula no curso de capacitação
15/09/2015 – Início das atividades do curso online

Da Agência Acre 

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

SERVIDORES DA EDUCAÇÃO MUNICIPAL ACEITAM PROPOSTA DA PREFEITURA QUE CONCEDE AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO


Servidores da rede municipal de ensino do município de Tarauacá decidiram na manhã desta quinta-feira, 13 de agosto, pela aprovação de uma proposta encaminhada pela prefeitura municipal, que concede um benefício sob forma de Auxílio Alimentação para professores e servidores do quadro administrativo. A assembleia foi realizada na sede do sindicato da educação. 

Proposta
A proposta, concede R$ 200,00 (duzentos reais) para professores e R$100,00 (cem reais) para servidores administrativos, sendo que 50% (cinquenta por cento) serão pagos no final de 2015 e os outros 50% no início de 2016. 

Segundo o Presidente do Sinteac Professor Eurico Paz, a proposta aprovada é fruto de muito esforço por parte do sindicato e da equipe de negociação da prefeitura. “Diante dessa crise econômica em que os governo se dizem inviabilizados para concessão de reajustes salariais e outros benefícios, tivemos que optar por uma alternativa tipo essa do auxílio alimentação. Outros municípios, como por exemplo Cruzeiro do Sul, também tiveram que recorrer ao mesmo benefício. Várias rodadas de negociações e duas reuniões no tribunal de Contas do Estado – TCE, buscando informações sobre as contas da prefeitura para que a gente se certificasse se procediam as informações repassadas aqui pelos administradores municipais. Realmente as despesas com pessoal aqui em Tarauacá estão no limite exigido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, devido as constantes quedas de arrecadação. Essa proposta foi construída no diálogo e a categoria aprovou”, disse o presidente.

Reunião no TCE
Para o prefeito Rodrigo Damasceno não está sendo fácil encarar essa crise que assola os municípios brasileiros. Segundo o prefeito dos cerca de 5.500 municípios brasileiros metade não pagará o décimo terceiro de seus servidores. "Enquanto a grande maioria das prefeitura está com dificuldades de pagar os salárias em dia e outras talvez nem o décimo terceiro terão condições de pagar, nossa administração acena com esse gesto de conceder um benefício aos nosso servidores da educação. Lembrando que já pagamos 50% do décimo terceiro e o restante está garantido. Isso só está sendo possível com muita esforço por parte da nossa administração e a boa relação com o sindicato e a câmara de vereadores", foi o que disse o prefeito.

Vereadora Janaina Furtado
Para a vereadora Janaína Furtado que acompanhou grande parte das negociações entre sindicato e governo, a câmara sempre esteve de portas abertas para contribuir com a causa dos servidores. "Esse benefício só está sendo possível por conta da mudança de regime votada a aprovada pela câmara, onde os servidores deixaram de ser regidos pela CLT e agora dispõem de seu próprio estatuto" falou a parlamentar.

Assembléia dos servidores
Ainda como parte do acordo a prefeitura firmou compromisso de manter o auxílio mesmo no período de recesso e enviar para a câmara a nova Lei de Gestão municipal. Quanto ao Plano de Cargos Carreiras e Remuneração – PCCR, continuará sendo debatido e poderá ser aprovado até o final do ano para entrar em vigor em 2016.

A proposta que concede o Auxílio Alimentação aos servidores, ainda terá que ser apreciada e votada pelos vereadores.

Assessoria Sinteac
Tarauacá

EM ASSEMBLÉIA GERAL, SERVIDORES DA EDUCAÇÃO ESTADUAL NO MUNICÍPIO, ANUNCIAM RETORNO ÀS AULAS NA SEGUNDA FEIRA

Aulas voltam na segunda feira
Em Tarauacá, os servidores da rede estadual de educação, em greve há quase 60 dias, decidiram suspender o movimento e retornar ao trabalho na próxima segunda feira, dia 17. A decisão aconteceu na assembleia geral da categoria realizada na tarde desta quarta-feira, 12 de agosto, no auditório do Sinteac. 

Servidores decidiram ainda que o comando de greve deverá primeiramente se reunir com a Coordenadora Regional de Educação Professora Francisca Aragão e todos os diretores das escolas para uma conversa sobre as condições em que a categoria voltará ao trabalho. A reunião está marcada para esta quinta-feira, 13 de agosto, às 15 horas no sindicato.

Na sexta feira, 14 de agosto, membros do comando de greve farão uma peregrinação nos meios de comunicação para conversar com a população e concederão uma entrevista coletiva explicando as condições em que retornarão às atividades na segunda feira. 

Presidente Eurico Paz
De acordo com o presidente do Sinteac Professor Eurico Paz, a suspensão do movimento nesse momento para retornar as aulas na segunda feira foi uma decisão inteligente e estratégica da categoria para se fortalecer ainda mais. “Estamos numa guerra e travamos várias batalhas onde perdemos algumas e vencemos outras. Vamos a guardar a intermediação do Tribunal de Justiça e da Assembleia Legislativa para ver que proposta deve avançar. Existem momentos em que é preciso a gente recuar e se reorganizar para continuar lutando”, disse o presidente. Eurico falou também do desgaste do governo com os trabalhadores em educação. “Nossos companheiros vão voltar para a escola, as aulas vão ser retomadas e continuarão de cabeça erguida pela luta que travaram em defesa de seus direitos. Quanto ao governo só resta o elevado desgaste político com nossa categoria e que acho muito difícil reverter depois do que aconteceu aqui e na maior parte do nosso estado”, concluiu o presidente. 

Em Cruzeiro do Sul, a decisão dos trabalhadores em assembleia realizada pela manhã foi a mesma. Todos retornam às suas atividades com a suspensão do movimento.

Da Assessoria Sinteac
Tarauacá

terça-feira, 11 de agosto de 2015

MENSAGEM AOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO


Caro trabalhador em educação,

Cada centavo, cada gratificação, cada direito que você adquiriu até hoje não foi lhe dado de graça.
Muitas pessoas lutaram por isso, sofreram perseguições, apanharam na rua, e até perderam o emprego.
Tudo pra você poder receber o que recebe hoje.
Não pense, caro trabalhador, que o salário que recebes hoje é fruto unicamente de sua dedicação na escola ou dentro da sala de aula ou de algum reconhecimento vindo de "governante bonzinho" ou "sensível" à sua causa.
Pois como podem ver, até o que é seu por direito, preto no branco, querem lhe tomar.
Temos que lutar.
E lutar não da boca pra fora.
Temos que agir.
Botar o seu na reta, arriscar o salário, arriscar o que for preciso.
Nada é de graça!
Só pra aqueles que tem medo de fazer greve, mas, na hora de receber o aumento…
São hipócritas, entram na sala de aula pregando cidadania aos alunos enquanto não agem contra as atitudes de um governo que age de forma antidemocrática desrespeitando nossos direitos constitucionais.
Não seja um deles!!!
Lute!
Lute pelo o que é seu por direito.
Lute pelos direitos daqueles que, por ignorância, não sabem lutar.
Lute contra os bandidos, ladrões, assassinos, estupradores, que vestem terno e gravata e são respeitados como doutores.
Eles te roubam, te estupram, te matam, apenas com ameaças.
Não reaja, senão vai ser pior.
Não grite, senão atiro.
Não peça socorro, senão te mato.
Não reclame, senão corto seu ponto.
Não me peite, senão não pago seu salário.
Chega.
Não dá mais.
Isso acaba agora.
Se alguma vez pensou que as grandes decisões nunca estiveram ao seu alcance, eis que a oportunidade bate à sua porta.
Chegou a hora de se fazer presente.
Mostrar quem você realmente é um formador de opinião e que luta pelos seus direitos.
Mas se te falta coragem.
Não se preocupe.
Lutarei por você.
Como no passado, outros lutaram por mim.


VENHA PRA LUTA, QUE É MINHA, É SUA, É NOSSA. EDUCAÇÃO É DIREITO E DEVER DE TODOS. POR RESPEITO À EDUCAÇÃO. POR RESPEITO AO TRABALHADOR!

GREVE: Professores recorrem à Justiça contra governo do Acre por corte de ponto e demissões


Cerca de 500 professores da rede estadual de ensino, em greve há mais de 57 dias, ocuparam o hall da sede do Tribunal de Justiça do Acre na manhã desta segunda-feira (10), a pretexto de obter informações sobre um mandado de segurança em que o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac) pede que o ponto dos servidores que participam da paralisação não seja cortado pelo governo estadual.

A categoria tenta sensibilizar a desembargadora Eva Evangelista, relatora do mandado de segurança. Como provas, os assessores jurídicos do Sinteac anexaram entrevistas do secretário de Educação, Marcos Brandão, e do próprio governador Tião Viana (PT), em que anunciam o corte nos salários.

Um segundo mandado de segurança foi protocolado no início de manhã contra a decisão do governo do Acre de demitir os professores provisórios e demais servidores em estágio probatório.

Um ofício circular enviado pela Secretaria de Educação aos diretores de escolas também reforça o rol de provas contra o governo. No documento, o secretário Marcos Brandão pede aos diretores de escolas a relação nominal dos trabalhadores que não estão cumprindo expediente.


O Tribunal de Justiça aguarda o parecer do Ministério Público do Acre para decidir se o julgamento da questão será mesmo na próxima quarta-feira (12), quando todos os membros do Judiciário se reúnem em sessão ordinária.

“Todos estamos indignados. Não é concebível um governo, que se diz protetor dos direitos trabalhistas, fazer um estrago como esse. Nós confiamos na Justiça. A greve é legal e nenhum grevista pode ser penalizado. Isso está na lei”, protestou a presidente do Sinetac, Rosana Nascimento.

Os advogados Antônio Júnior e Ronilton Honorato vislumbram um “cenário de caos social completo” caso as demissões e o corte dos pontos sejam confirmados.

Em Rio Branco, capital do Estado, a greve tinha adesão de 34% da categoria. A adesão, de acordo com o Sinteac, aumentou depois que o governo ameaçou demitir e cortar ponto.
No interior, o movimento cresceu também: Senador Guiomard, Tarauacá, Cruzeiro do Sul, Plácido de Castro, Porto Acre, Bujari, ainda de acordo com avaliação do Sinteac.

As reivindicações interessam diretamente a 18 mil trabalhadores, entre professores e servidores administrativos. As principais reivindicações são a data-base de 2015, 25% de reajuste, piso para funcionários das escolas e o Prêmio de Valorização dos Professores. Este benefício já foi concedido aos trabalhadores da Segurança Pública, com vigor desde a semana passada.

Fonte: http://contilnetnoticias.com.br/acre/

domingo, 9 de agosto de 2015

PARABÉNS PAIS


O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre - SINTEAC núcleo de Tarauacá deseja muitas felicidades a todos os pais em especial os trabalhadores em educação,(professores, vigias, serventes, zeladores,porteiros, coordenadores, secretários e diretores da rede estadual de educação) que mesmo sob ameaça covarde do governo de corte do ponto e demissão, resistem na luta e mantém a greve por melhores salários e condições de trabalho. 

Vocês nos honram muito papais da educação. 

Parabéns pelo dia dos pais!

sábado, 8 de agosto de 2015

PROPOSTA APRESENTADA PELA PREFEITURA É REJEITADA PELOS SERVIDORESDA EDUCAÇÃO MUNICIPAL


Também reunidos em assembleias na tarde desta sexta feira, 7 de agosto, os servidores da Rede Municipal de Educação, rejeitaram uma proposta encaminhada horas antes pela Secretaria Municipal de Educação que concedia um Auxílio Alimentação para Professores no valor de R$ 200,00 (duzentos reais) e Servidores de Apoio Administrativo, no valor de R$ 100,00 (cem reais). Na proposta da prefeitura, esse benefício seria pago em 4 parcelas, sendo 2 em 2015 e 2 em 2016. A prefeitura se comprometia também em encaminhar os projetos do Novo PCCR, Nova Lei de Gestão Municipal e colocar à disposição dos servidores toda a sua assessoria jurídica para os procedimentos do saque do FGTS.


Após apreciação a categoria pediu para que a diretoria do sindicato apresentasse uma contra proposta com os mesmos valores, porém, que a prefeitura possa pagar todo o benefício ainda em 2015. 


Por fim, os trabalhadores decidiram esperar o resultado das negociações trabalhando, descartando a possibilidade de greve neste momento.

Assessoria Sinteac/Tarauacá
Fotos Jardy Lopes

EM ASSEMBLÉIA SERVIDORES DA EDUCAÇÃO ESTADUAL DECIDEM PELA MANUTENÇÃO DA GREVE

A greve continua em Tarauacá(foto: Jardy Loes)
Reunidos em assembléia na tarde desta sexta feira, 7 de agosto, servidores da rede estadual de educação do município de Tarauacá decidiram por unanimidade pela continuação da greve, acompanhando assim a decisão dos servidores de Rio Branco e região, que pela manhã já haviam tomado a mesma decisão. A decisão aconteceu mesmo depois da entrevista coletiva do secretário de educação Marcos Brandão, que anunciou o corte do ponto e a substituição dos professores em greve. Os servidores de Tarauacá disseram que na próxima semana vão radicalizar e não mais aceitar que o núcleo de educação  e as direções de escolas mantenham escolas funcionando com apenas 2 ou 3 professores e um punhado de alunos, o que não resolve o problema do ano letivo, prejudica alunos e enfraquece o movimento. 

Presidente Eurico Paz (foto: Jardy Loes)
"Se é radicalização que o governo quer então nós também vamos radicalizar. Tentamos o diálogo e esse secretário juntamente com esse governador apresentaram uma proposta ridícula e com possibilidade de conceder algumas melhorias para os servidores somente em 2016. claro que a categoria não ia aceitar", disse Eurico Paz, presidente do Sinteac. A assembléia contou ainda com a participação do Deputado Jesus Sérgio eda vereadora Janina Furtado. O assessor ajurídico do núcleo do Sinteac, Advogado Júnior Feitosa, fez os esclarecimentos para a categoria sobre as ameaças do governo e disse que todos devem observar as leis e respeitar a justiça qu8e nesse caso está a favor dos servidores.

Neste sábado, o de agosto, às 10 horas haverá uma reunião do comando de greve em Tarauacá, para planejamentos das ações na próxima semana. Os servidores disseram que até agora foram pacíficos e gentis e que essa fase acabou, pois, o governo resolveu ir para o confronto direto. 

Assessoria Sinteac 
Tarauacá

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

CONVOCAÇÃO PARAS SERVIDORES DAS REDES ESTADUAL E MUNICIPAL


A Direção do Sinteac convoca todos os servidores das redes estadual e municipal para participarem de duas assembleias a serem realizadas nesta sexta feira, 7 de agosto de 2015.
Atenção para os horários:

Às 15 horas - Assembléia da Rede Estadual;
Às 16:30 horas - Assembléia da Rede Municipal;

Nas assembleias serão analisadas, pelos servidores, as contra propostas do Governo do Estado e da Prefeitura.

SINTEAC, PREFEITURA E CÂMARA SE REÚNEM NO TCE EM RIO BRANCO


Representantes da Prefeitura de Tarauacá, Sinteac e Câmara de Vereadores, estiveram na tarde desta quarta feira, 5 de agosto, no Tribunal de Contas do Estado - TCE, para uma reunião com a Conselheira Nalu Gouveia e alguns técnicos do tribunal. Na pauta, a situação do município frente a Lei de Responsabilidade Fiscal que estabelece teto para gasto com pessoal. 


Pela Prefeitura participaram, o Prefeito Rodrigo Damasceno, O Secretário João Maciel e a Procuradora Contábil Raimundinha, pela Câmara a Vereadora Janaina Furtado e pelo Sinteac Eurico Paz e Raimundo Accioly. 


Essa reunião tem como objetivo o encontro de uma saída para atender uma proposta do Sinteac, que reivindica melhorias para a categoria que ameaça entrar em greve caso isso não aconteça.

A prefeitura deve apresentar uma proposta que será apreciada na próxima sexta feira, 7 de agosto, as 16:30 na sede do Sinteac numa assembléia dos trabalhadores convocada pela entidade. "O que queremos é chegar ao entendimento com os servidores, evitando assim o que está acontecendo no estado onde todos estão no prejuízo", disse Rodrigo Damasceno.

FONTE: BLOG DO ACCIOLY

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

TARAUACÁ NAS NEGOCIAÇÕES EM RIO BRANCO


Sindicalista de Tarauacá estão em Rio Branco acompanhando toda a movimentação dos Trabalhadores em Educação do Acre que há 50 dias estão em greve. Os dirigentes da entidade buscam apoio de de mais sindicatos, deputados e forças políticas, para a possibilidade de um desfecho da greve numa possível negociação com o governo.

AGENDA EM RIO BRANCO:

Segunda Feira (PELA MANHÃ) - Reunião no Tribunal de Contas do Estado - TCE

Segunda feira (PELA TARDE) - Reunião interna com correntes sindicais e deputados estaduais;

Terça feira (PELA MANHÃ)- Na Assembléia Legislativa onde servidores e comando de greve foram recebidos pelos Deputados;

Terça Feia (PELA TARDE) - Reunião dos sindicalistas da educação com os deputados da Comissão de Educação da Aleac;

Quarta feira - Haverá reunião dos sindicalistas da educação de todos os municípios do Acre;


domingo, 2 de agosto de 2015

NOTA DO SINTEAC AOS SERVIDORES DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE TARAUACÁ

A Direção do Sinteac de Tarauacá, primando por resguardar os direitos de seu quadro de associados, pelo desenvolvimento da qualidade da educação e também por priorizar o dialogo até a exaustão com a administração municipal, CONSIDERANDO o seguinte:

1. Que parte da diretoria da entidade viaja para Rio Branco onde participará de reuniões nesta segunda e nesta terça feira (3 e 4 de agosto), para discutir os rumos da greve dos Trabalhadores da Rede de Educação Estadual, que já dura mais de 40 dias;

2. Que ainda em Rio Branco os dirigentes farão uma visita ao Tribunal de Contas do Estado – TCE, para se certificarem da real situação do limite de gastos com pessoal do município de Tarauacá;

3. Que as negociações com a prefeitura ainda continuam podendo ser definidas umas propostas durante essa semana;

4. Que na última assembleia houve uma deliberação para que se não houvessem avanços, a categoria não retornaria às atividades do segundo semestre;

5. Considerando finalmente a ausência da nossa diretoria neste momento e a possibilidade de um desfecho das negociações,

6. A nossa diretoria pede que todos os TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DA REDE MUNICIPAL RETORNEM ÀS SUAS ATIVIDADES normais nesta segunda feira, aguardem o resultado das negociações e se mobilizem para uma assembleia na próxima sexta ferira, 7 de agosto.


Tarauacá, 01 de agosto de 2015
Diretoria do Sinteac
Tarauacá

CAMINHADA DA EDUCAÇÃO ESTADUAL


mais fotos AQUI

quinta-feira, 30 de julho de 2015

CONVOCATÓRIA

O SINTEAC convoca todos os Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação da Rede Estadual para uma importante assembleia que acontecerá nesta quinta-feira, às 16h:00min, na nossa sede, tendo como pauta principal as informações da greve.

Não perca, pois sua presença é muito importante.

Agradece,

A direção.