quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

O SINTEAC no ato público do Movimento Social de Tarauacá contra a corrupção


O SINTEAC na luta contra contra a corrupção e exigindo transparência com os recurso do FUNDEB  e da merenda escolar

O Movimento Social de Tarauacá prometeu e cumpriu. As entidades realizaram um ato público pedindo as investigações sobre as inúmeras denúncias de corrupção na Prefeitura de Tarauacá, levadas ao Ministério Público e à imprensa pelo assessor do Prefeito, Francisco Jarbas Ferreira Lopes.
As denúncias apresentadas dizem respeito aos desvios e gastos excessivos dos recursos público. O SINTEAC já fez oficialmente várias solicitações dos gastos com recursos do FUNDEB. "Todos sabemos quanto é destinado para a educação do município de Tarauacá, mas estamos tendo dificuldades para saber no que grande parte destes recursos são aplicados, ou seja,  não temos transparência dos gastos desses recursos públicos", afirma o presidente do SINTEAC de Tarauacá, Eurico Paz. Na mesma situação da falta de informações se encontra o CAE- Conselho de Alimentação Escolar que já solicitou por várias vezes toda a documentação referente aos gastos com os recursos do FNDE - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, para a compra da merenda e até agora não foi apresentada a maior parte da documentação.
Sindicatos, Associações de Moradores e Entidades de Jovens, manifestaram todo apoio ao Ministério Público que já está investigando as denúncias e exigiram da Câmara de Vereadores que também abra um processo de investigação.
O Ato foi pacífico e no final os manifestantes fizeram uma lavagem simbólica do prédio da prefeitura. Foi a lavagem simbólica da corrupção na administração municipal. Os manifestantes prometeram que na próxima semana irão "lavar" o prédio da Câmara Municipal e realizar uma grande passeata contra a corrupção. 
Professor Eurico - Presidente do Sinteac e do Conselho de Alimentação Escolar 


Professor Flávio (Kbym) - Esporte contra a corrupção 


Kiko TK - Umes 

Maria Inês - Sindicato Rural 


José Sidenir - Sindicato Rural 


Gilson Amorim - UJS 


Leandro Simões - UJS


Marnilsa Martins- Sindicato dos Servidores Municipais 

João Gedeão - Colônia de Pescadores 

Professor João Maciel - Sinteac

Professor Sérgio Aragão - CMDCA e UMAM


Vereador Manoel Monteiro 


Professor Edson - Sinteac 

Pedro Madeiro - Associação do Triângulo 

Vereador Luis Meleiro


 manifestantes organizados

população pedindo de justiça 


cobrança aos vereadores 


índícios de corrupção no fornecimento de merenda escolar 

justiça 

apuração das denúncias 

recado aos vereadores da base do prefeito 

recado claro

Professor Accioly - Sinteac e Associação da COHAB 

Movimento em frente a Câmara de Vereadores 
Professor Eurico Paz- Presidente do Conselho de Alimentação Escolar e do Sinteac
 População esvaziou a Câmara de Vereadores para participar do ato público

Assessor do prefeito Francisco Jarbas Ferreira Lopes reafirmando suas denúncias
 manifestantes segurando cartazes com frases contra a corrupção
 Manifestação de apoio e agradecimento ao Ministério Público

 Mensagem dos trabalhadores em educação exigindo investigação por parte da Câmara Municipal

População no ato público

Jarbas Lopes - Ex- Assessor do Prefeito e autor das denúncias
"quiseram me comprar e eu não me rendi à corrupção".


Polícia Militar garantindo a segurança dos manifestantes


alguns assistindo na sombra

Vendedor de lanche parou para ouvir os manifestantes 

Produtos de Limpeza para "baldear" a prefeitura 

População se aglomerava na sombr

Vereador  Manoel Monteiro

Homens da coleta do lixo também observavam

população assistindo

Polícia Militar garantindo a segurança dos manifestantes

Assessores do prefeito assistindo lá de cima

Produtos de limpeza para o ato simbólico- limpara a corrupção 

baldeação da prefeitura - limpeza da corrupção 

população na limpeza

missão cumprida

Nenhum comentário:

Postar um comentário