quarta-feira, 16 de junho de 2010

PROFESSORES PARTICIPAM DE AUDIÊNCIA PÚBLICA EM CRUZEIRO DO SUL

Órgão quer escutar o público para construir estrutura de gestão baseada nos anseios da sociedade
O Ministério Público Estadual (MPE) realizou uma audiência pública no Vale do Juruá para ouvir dos cidadãos as críticas e sugestões que irão nortear a construção de seu novo modelo de gestão. 
O diálogo com a sociedade aconteceu no dia 14 de junho, no Teatro dos Nauas, em Cruzeiro do Sul. 
A instituição contou com a presença dos populares, das lideranças comunitárias e do movimento de trabalhadores rurais de todas as regiões do Estado. 
O município de Tarauacá esteve representado com um grupo de pessoas: os professores Eurico, Maria de Jesus, Alex, as coordenadoras Ezineide e Vânia, o funcionário de escola Héliton, a gestora Magda e o vereador Luiz Meleiro. Tarauacá reclamou quanto a morosidade das ações que foram abertas denunciando possíveis irregularidades da administração pública e também em relação aos serviços públicos. 
Depois de ouvir a população nas audiências abertas, o Ministério Público vai realizar oficinas e promover palestras para direcionar o seu mapa estratégico de atuação. As palestras envolverão pessoas e entidades que contribuirão para a melhoria do conhecimento e finalização do modelo desejado. 
“Queremos ouvir não só uma avaliação, mas também as sugestões que irão servir para o planejamento de uma instituição que esteja de acordo com as aspirações dos acreanos”, ressalta Sammy Barbosa Lopes, procurador geral do Ministério Púbico no Estado do Acre. Segundo o procurador, a meta é criar uma forma de atuação tão eficaz que possa refletir na melhoria de setores como a segurança pública, educação, saúde, fronteiras, pavimentação e hidrelétricas, entre outras áreas que envolvem o interesse público. 
“Aliado a tudo isso, o MPE do Acre está desenvolvendo a instalação de um projeto de informatização que coloca o órgão entre os melhores do país em tecnologia”, adianta. 

Serviço especializado e humanizado de atendimento 
Outra meta que está sendo construída junto com a consulta ao público é a melhoria no setor de atendimento do MPE. De acordo com o próprio Sammy Barbosa, a sede em Rio Branco está formando um balcão de informações para atender o público, orientar e fazer encaminhamentos das causas, ainda que a busca do cidadão não seja de jurisdição do órgão. 
O MPE trabalha ainda na instalação de um setor voltado para a defesa dos direitos humanos e que funcione de fato no ampare à pessoa. Durante a campanha para o cargo de procurador, Sammy Barbosa havia destacado três eixos de defesa, sendo elas: planejamento estratégico, tecnologia da informação e gestão de pessoas. Além das manifestações que poderão ser feitas durante as audiências, o MPE disponibiliza um formulário em sua página na web: www.mp.ac.gov.br, onde a população e as organizações públicas e privadas podem opinar. 
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (68)3212-2045.

Sammy Barbosa Lopes, procurador geral do Ministério Púbico no Estado do Acre

Vereador Luís Meleiro
Professores Alex e Maria de Jesus, coordenadoras Ezineide e Vânia
Gestora Magda, coordenadoras Ezineide e Vânia
Professor Eurico Paz
Delegação de Tarauacá

Nenhum comentário:

Postar um comentário