segunda-feira, 3 de maio de 2010

Estudante da rede estadual ganha bolsa de estudos nos EUA

Foram selecionados apenas dez jovens de todo o Brasil


Depois da experiência de passar três semanas no início do ano nos Estados Unidos pelo programa de intercâmbio cultural Jovens Embaixadores, o estudante da rede pública estadual de ensino Felipe Storch começa a colher os resultados de sua aprendizagem, adquirida durante sua passagem em uma high school americana, que equivale ao ensino médio no Brasil. Ele ganhou uma das dez bolsas de estudos oferecida pela embaixada para participar de um curso de verão em uma universidade americana.

Felipe recebeu a notícia no último dia 26, em São Paulo, durante a cerimônia de lançamento do Programa Jovens Embaixadores 2011. As instituições que vão receber os estudantes brasileiros são Cushing Academy, Phillips Exeter Academy, Phillips Academy Andover e Universidade da Califórnia. "Foi uma alegria tremenda ser escolhido numa cerimônia na qual estavam o embaixador dos EUA e o presidente da Microsoft no Brasil", disse.
Entre os dez finalistas, o ex-aluno da Escola Estadual Lourival Sombra, e atualmente, da José Rodrigues Leite, foi o único na modalidade de ensino médio da região Norte. Para conseguir a bolsa, Felipe teve que passar por uma bateria de testes que incluía entrevista, elaboração de dois textos: um falando sobre suas perspectivas para o futuro e outro relatando porque deveria ser escolhido pela instituição. Do total de bolsas, 04 foram destinadas a alunos do ensino médio e 06 aos que concluíram. "É uma honra tremenda representar meu estado. Meu maior sonho é ser exatamente isso: ser um representante da Amazônia", declarou Felipe. 
Filho de um mecânico e uma cabeleireira, o jovem de apenas 16 anos é o quarto estudante da rede pública de ensino do Acre selecionado pelo programa Jovens Embaixadores. Desde a assinatura de adesão ao programa em 2006, pelo governador Binho Marques, na época, secretário de Educação, o Estado classificou alunos. "O Acre tem estudantes ótimos, com um potencial incrível, que é revelado através de programas como esse", diz Storch.       

O PROGRAMA

O Programa Jovens Embaixadores é uma iniciativa de responsabilidade social da Embaixada dos Estados Unidos, em parceria com os setores público e privado em ambos os países. Em sua 9ª edição, o programa já beneficiou 212 jovens brasileiros e, em janeiro de 2011, levará mais 35 alunos da rede pública para conhecerem a cultura e o sistema de ensino americano. A viagem de três semanas é toda custeada pela embaixada.
Para concorrer a uma das 35 vagas, o interessado tem que preencher alguns critérios exigidos pela embaixada como: Ter entre 15 e 18 anos (até a data da viagem); boa fluência oral e escrita em inglês; ser aluno do ensino médio na rede pública; pertencer à camada sócio-econômica menos favorecida; excelente desempenho escolar; perfil de liderança, iniciativa e boa desenvoltura oral; está engajado por, pelo menos, um ano em atividades de responsabilidade social / voluntariado.
As inscrições para a edição 2011 devem ser feitas até o dia 5 de agosto de 2010, no site  www.embaixadaamericana.org.br.
Ernani Baracho, Assessoria SEE

Nenhum comentário:

Postar um comentário