quinta-feira, 22 de outubro de 2009

NA PRESÃO: Sinteac realiza Assembléia e Prefeitura manda fazer folha de pagamento conforme acordo firmado com a entidade.

Os funcionários da Educação Municipal se reuniram hoje no auditório do Sinteac, em nova assembléia convocada pela direção da entidade.
O movimento dos Trabalhadores em Educação tinha como objetivo pressionar o Governo do Município a mandar para a Câmara de Vereadores, o Projeto de Lei que autoriza o Prefeito a conceder as melhorias salariais da categoria, fruto de um acordo firmado, ainda no mês de junho, entre Prefeitura e Sinteac, na data base da categoria.
Antes de iniciar a Assembléia, marcada para as 10 horas da manha, dirigentes do Sinteac foram até a Prefeitura e conversaram com o Secretário de Finanças, Sr. Lineide Benigno. Do Secretário os dirigentes obtiveram a informação de que a Folha de Pagamento dos Servidores da Educação já estava sendo produzida com as mudanças, frutos do acordo firmado, que o Projeto de Lei já estava pronto e que seria encaminhado para a Câmara de Vereadores.
O Secretário, que falou em nome do prefeito Vando, pediu desculpas pelo atraso, alegou que a carga de trabalho era muito grande e que o acordo assinado entre o prefeito e o Sinteac seria cumprido.
Os vereadores do PCdoB, Manoel Monteiro e Luis Meleiro garantiram que todos os vereadores já manifestaram apoio aos trabalhadores e que logo que o projeto seja encaminhado á Câmara, será aprovado em regime de Urgência.
Na Assembléia a Direção do Sinteac e os funcionários decidiram aguardar até a data do pagamento do mês de outubro (próxima semana) e marcar nova reunião.
Os funcionários estavam dispostos a radicalizar se o acordo não fosse cumprido. Ameaçavam inclusive, suspender o ano letivo. (texto e fotos Accioly)










































Nenhum comentário:

Postar um comentário