quinta-feira, 13 de agosto de 2015

SERVIDORES DA EDUCAÇÃO MUNICIPAL ACEITAM PROPOSTA DA PREFEITURA QUE CONCEDE AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO


Servidores da rede municipal de ensino do município de Tarauacá decidiram na manhã desta quinta-feira, 13 de agosto, pela aprovação de uma proposta encaminhada pela prefeitura municipal, que concede um benefício sob forma de Auxílio Alimentação para professores e servidores do quadro administrativo. A assembleia foi realizada na sede do sindicato da educação. 

Proposta
A proposta, concede R$ 200,00 (duzentos reais) para professores e R$100,00 (cem reais) para servidores administrativos, sendo que 50% (cinquenta por cento) serão pagos no final de 2015 e os outros 50% no início de 2016. 

Segundo o Presidente do Sinteac Professor Eurico Paz, a proposta aprovada é fruto de muito esforço por parte do sindicato e da equipe de negociação da prefeitura. “Diante dessa crise econômica em que os governo se dizem inviabilizados para concessão de reajustes salariais e outros benefícios, tivemos que optar por uma alternativa tipo essa do auxílio alimentação. Outros municípios, como por exemplo Cruzeiro do Sul, também tiveram que recorrer ao mesmo benefício. Várias rodadas de negociações e duas reuniões no tribunal de Contas do Estado – TCE, buscando informações sobre as contas da prefeitura para que a gente se certificasse se procediam as informações repassadas aqui pelos administradores municipais. Realmente as despesas com pessoal aqui em Tarauacá estão no limite exigido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, devido as constantes quedas de arrecadação. Essa proposta foi construída no diálogo e a categoria aprovou”, disse o presidente.

Reunião no TCE
Para o prefeito Rodrigo Damasceno não está sendo fácil encarar essa crise que assola os municípios brasileiros. Segundo o prefeito dos cerca de 5.500 municípios brasileiros metade não pagará o décimo terceiro de seus servidores. "Enquanto a grande maioria das prefeitura está com dificuldades de pagar os salárias em dia e outras talvez nem o décimo terceiro terão condições de pagar, nossa administração acena com esse gesto de conceder um benefício aos nosso servidores da educação. Lembrando que já pagamos 50% do décimo terceiro e o restante está garantido. Isso só está sendo possível com muita esforço por parte da nossa administração e a boa relação com o sindicato e a câmara de vereadores", foi o que disse o prefeito.

Vereadora Janaina Furtado
Para a vereadora Janaína Furtado que acompanhou grande parte das negociações entre sindicato e governo, a câmara sempre esteve de portas abertas para contribuir com a causa dos servidores. "Esse benefício só está sendo possível por conta da mudança de regime votada a aprovada pela câmara, onde os servidores deixaram de ser regidos pela CLT e agora dispõem de seu próprio estatuto" falou a parlamentar.

Assembléia dos servidores
Ainda como parte do acordo a prefeitura firmou compromisso de manter o auxílio mesmo no período de recesso e enviar para a câmara a nova Lei de Gestão municipal. Quanto ao Plano de Cargos Carreiras e Remuneração – PCCR, continuará sendo debatido e poderá ser aprovado até o final do ano para entrar em vigor em 2016.

A proposta que concede o Auxílio Alimentação aos servidores, ainda terá que ser apreciada e votada pelos vereadores.

Assessoria Sinteac
Tarauacá

Nenhum comentário:

Postar um comentário