quinta-feira, 28 de maio de 2015

INJUSTIÇA


Aos amigos e amigas da educação que estão por aí insinuando que os dirigentes do Sinteac de Tarauacá "se venderam" para a prefeitura para que o Estatuto dos Servidores Municipais fosse aprovado, só tenho a lamentar. 
Temos uma marca aqui em Tarauacá na gestão do sinteac pela honestidade, firmeza e nunca se atrelar às pessoas ou forças política que estão no poder. 

Uma prova disso é o Presidente José Eurico Paz que rompeu com seu próprio partido por conta desse entendimento. Eurico é um cara valioso como poucos que conheci. Essa é uma luta nossa desde o governo Jasone Silva. 

Primeiro porque esse tipo de gente não serve para a luta coletiva. Não se filiam ao sindicato, não participam de debates, não vão às assembleias e por isso exitem só para atrapalhar a vida de quem luta por seus direitos.

Eu lamento muito que isso possa estar acontecendo. 

Com o tempo, todos os nossos servidores sentirão efeitos positivos da nova lei. 

Na próxima semana realizaremos um seminário com os companheiros e as companheiras da educação para apresentarmos mais duas propostas de leis. Plano de Carreira e Lei de Gestão.

Quem não vive para lutar, não serve para viver.

Por Raimundo Accioly

Nenhum comentário:

Postar um comentário