quinta-feira, 17 de julho de 2014

GREVE DA EDUCAÇÃO É ENCERRADA E O DEBATE DA REFORMULAÇÃO DO PLANO AGORA É A PAUTA PRINCIPAL.

Servidores reunidos ontem

Depois de três dias de paralisação, os servidores da Educação Municipal decidiram em assembléia realizada na tarde de ontem, suspender o movimento de greve e aceitar uma nova contra proposta enviada ao Sinteac pela prefeitura local.  

Depois de várias reuniões entre direção do movimento e comissão da prefeitura, finalmente foi encaminhada uma proposta que garante atender algumas das principais reivindicação da categoria que são:

1) Reformulação do Plano de Cargos Carreiras e Salários - PCCR - Prefeitura e Sinteac vão estabelecer uma espécie de força tarefa para discutir intensamente os principais pontos da reformulação e apresentar a minuta final ao parlamento municipal até o dia primeiro de agosto;

2) Reformulação da Lei de Gestão do Município - Uma audiência pública que será realizada em breve com Representações das Escolas, SEME, Sinteac e Conselhos de Educação, para o debate final sobre a minuta da Lei que será levada ao parlamento municipal para votação;

3) Reajuste Linear para todos os servidores no valor de 3 por cento - Com perdas de 6 por cento, a prefeitura garantiu reposição imediata no valor de 3 por cento e manter os demais ganhos na reformulação do plano.

A prefeitura garantiu também a incorporação ao piso dos servidores de apoio, a quantia de R$70, 00, que são pagos mensalmente como abono salarial.


Presidente Eurico e Vice Lauro
Para o presidente do Sinteac, Professor Eurico Paz, as negociações continuam, agora com o debate da reformulação do plano. "O que aconteceu para que suspendêssemos as atividade, foi a falta de diálogo permanente por parte da prefeitura que na, minha opinião, foi negligente com a nossa categoria. Agora eles criaram uma comissão de debate e é por isso que as negociações avançaram", falou Eurico.

Lauro Benigno, vice presidente da entidade defendeu o fim da greve e disse que a categoria deve se manter alerta pois a discussão agora é na comissão representativa do sindicato e da prefeitura. "Vamos para o debate franco e tranquilo das propostas de reformulação do plano", falou o vice presidente.

(assessoria Sinteac)

Nenhum comentário:

Postar um comentário