quinta-feira, 4 de julho de 2013

Trabalhadores em Educação da Rede Estadual não aceitam proposta do governo do e greve continua por tempo indeterminado



Os professores decidiram em assembleia da categoria na manhã desta quarta-feira (3), na frente da Assembleia Legislativa, recusar a proposta do Governo do Acre e manter a greve por tempo indeterminado. O governo protelou a maioria das propostas que de acordo com a equipe de negociação da administração estadual, só poderia ser resolvida em 2014.

Representantes do Sinteca, Sinplac e os professores dizem que só voltam ao trabalho, após o governo conceder a progressão funcional extraordinária (pulada de letra) para professores e servidores não-docentes e reenquadramento de professores, servidores de apoio e técnicos administrativos educacionais. Os professores prometem cruzar os braços pelo resto do ano.

Os principais pontos da pauta apresentada pelos sindicatos dos professores, o Governo do Acre apresentou a contraproposta que só poderia cumprir em janeiro e maio de 2014. Os educadores saíram em manifesto que passará na frente do prédio da prefeitura de Rio Branco e da Casa Rosada, onde responderão “não” as administrações estadual e municipal.

A paralisação continua e por tempo indeterminado.
Fonte: Ray Melo / AC24HORAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário