quinta-feira, 4 de julho de 2013

SEM ACORDO, TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DA REDE MUNICIPAL CONTINUAM EM GREVE POR TEMPO INDETERMINADO



Depois de cinco dias de greve, uma nova assembleia dos servidores da prefeitura foi realizada na manhã desta quinta feira(4). Os servidores municipais da educação decidiram rejeitar mais uma proposta da prefeitura do município por entender que não contempla toda a categoria.

A prefeitura acenou com uma proposta de 6% (seis por cento) nas gratificações dos servidores de apoio e na regência dos professores. A categoria decidiu aceitar o índice, desde que seja como forma de reajuste no piso salarial e extensivo à todos os trabalhadores da rede de educação. Como a prefeitura não concordou, a decisão foi de continuar a greve.

Hoje á tarde está sendo marcada uma reunião com a presença do prefeito, vice, secretário de finanças e secretário de educação, para mais uma tentativa de negociações. Uma nova assembleia foi marcada para esta sexta feira ás 9 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário