quarta-feira, 6 de março de 2013

Trabalhadores em Educação da Rede Municipal definem pauta da DATA-BASE 2013

Presidente Eurico Paz

ASSEMBLÉIA:O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre, Núcleo de Tarauacá, realizou uma assembleia na ultima terça feira(05.03) com os trabalhadores em educação da Rede Municipal para apresentar uma proposta com as reivindicações da categoria que farão parte da pauta de data-base - 2013 e que será apresentada ao poder público municipal. Um grupo grande de servidores de todas as escolas se fizeram presentes na reunião para o debate com o sindicato.

Assembléia

PRESIDENTE: O Presidente Eurico Paz fez uma explanação da pauta da assembléia e lamentou que a prefeitura tivesse retirado gratificações de servidores sem nenhum debate prévio com o sindicato da categoria, o que gerou uma insatisfação de toda a categoria com o novo governo. "Nós sempre primamos pelo diálogo, porém, se os novos administradores começarem a tomar decisões unilaterais possivelmente teremos muitos problemas. "Vão ter que repor o dinheiro dos servidores e se quiserem debater sobre esse e qualquer outro assunto que diz respeito a vida da nossa categoria o local ideal é a mesa de negociação, comentou o presidente.

COMISSÃO: Uma comissão composta por dirigentes escolares, representantes dos trabalhadores da rede municipal e diretoria do sindicato vão aprofundar o debate sobre a pauta e finalmente levá-la ao conhecimento da nova administração.

DESABAFO: Outro ponto bastante discutido na reunião refere-se aos descontos que a prefeitura efetuou nos salários de vários servidores sem debater com o sindicato da categoria. "É uma grande humilhação... a gente já ganha pouco, mesmo assim firma compromissos no comércio, nas instituições bancárias, tudo dentro do nosso apertado orçamento familiar... trabalha o mês inteiro e quando vai receber o salário percebe que ele foi diminuído. foi o desabafo de uma servidora durante a assembléia.

PROPOSTAS:  A categoria mais uma vez vai pedir que seja realizado concurso público efetivo para todos os cargos previstos no Plano de Cargos Carreiras e Salários, ampliação dos repasses de 25% para 30% dos recursos públicos do município para a educação, formação continuada para os professores e funcionários de escola, equiparação salarial dos professores de contrato provisório com os permanentes, reajuste salarial de 15% (reposição de perdas e ganho real), individualização do FGTS, auxílio transporte para os professores que trabalham em escola de difícil acesso, viabilização de mudança de regime de trabalho de celetista para estatutário mediante estudo detalhado, reformulação e revisão da Lei de Gestão e reformulação e revisão do Plano de Cargos Carreira e Remuneração.

DESCONTOS NOS SALÁRIOS: Em relação aos descontos realizados no salário de alguns servidores da Rede Municipal, os trabalhadores em educação decidiram por unanimidade estabelecer um prazo de quinze dias para que a Secretaria Municipal de Educação resolva este problema e efetue o pagamento em folha suplementar.

(Assessoria do Sinteac/Tarauacá)

Veja abaixo mais fotos da assembéia



Nenhum comentário:

Postar um comentário