terça-feira, 12 de junho de 2012

Como matar o seu sindicato.


1- Não freqüentar o sindicato mas quando for, procure algo para reclamar;

2- Se comparecer nas atividades, encontre apenas falhas no trabalho dos outros;

3- Nunca aceite uma incumbência, lembre-se que é mais fácil criticar do que realizar;

4- Se a Diretoria pedir sua opinião, responda: não tenho nada a dizer. Depois espalhe: como as coisas deveriam ser;

5- Não faça nada além do inevitável e quando os Diretores e colaboradores estiverem trabalhando, afirme que seu sindicato está dominado por uma panelinha;

6- Não leia os informativos do sindicato. Afirme que eles não trazem nada de interessante, ou melhor ainda, diga: não os recebo;

7- Se for convidado para qualquer cargo, recuse. Alegue falta de tempo e depois critique com afirmações do tipo: esta turminha quer ficar no poder;

8- Quando tiver divergência com a Diretoria, procure vingar-se no sindicato;

9- Sugira, insista e cobre realizações de eventos ações e quando eles ocorrerem, não compareça e depois espalhe que ninguém foi;

10- Se receber pedidos de sugestões e colaborações, não responda, e depois se a Diretoria não adivinhar suas idéias, critique e diga a todos que você é ignorado;

Depois de tudo isso, quando cessarem as publicações, as atividades pararem, a sede estiver desmoronando e todos se afastarem, enfim, quando nosso sindicato morrer e a sua profissão ficar desmoralizada, estufe o peito e afirme orgulhoso: EU NÃO DISSE!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário