quarta-feira, 16 de maio de 2012

Movimento pela UFAC em Tarauacá, reúne-se com grupos de jovens

Dirigentes do Sinteac reuniram-se ontem com representantes de grupos de jovens do município de Tarauacá: UJS – União da Juventude Socialista, JPT – Juventude do Partido dos Trabalhadores, Grupo JITA – Jovens Independentes de Tarauacá, Grêmio Estudantil do Ensino Médio e Departamento de Juventude do Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Na pauta o Movimento pela Universidade Federal do Acre em Tarauacá. 

Participaram da reunião ainda, o presidente do Conselho Municipal de Educação e representante da Diretoria Estadual do Sinteac na Regional Tarauacá, Feijó e Jordão, professor João Maciel, representante do Conselho Estadual de Juventude Leandro Simões, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Marlindo Pinheiro, coordenador do Ensino Médio Inovador da Escola Djalma Batista Professor e Pedagogo Francisco Souza, o “Moço” e o Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente Professor Sérgio Aragão. 

A reunião tratou da mobilização da juventude, das autoridades e da sociedade, para a participação em massa da Grande Audiência Públicacom a presença da UFAC, Governo do Estado e Prefeitura Municipal, prevista para acontecer no final do mês de maio em Tarauacá. 

O movimento reivindica cursos superiores em diversas áreas do conhecimento e a instalação Permanente do Campus da Ufac em Tarauacá. 

Os representantes dos grupos de juventude presentes na reunião prometeram mobilizar um grande número de jovens para participarem do “DIA D” que deve acontecer em 25 de maio. 

Ainda vão acontecer reuniões com outros segmentos da sociedade civil organizada. A ideia é mobilizar o máximo de pessoas possível para chamar atenção das autoridades. 

Andréia Correia, presidente do Grêmio da Escola Djalma Batista.
“Não é possível que todos os jovens de Tarauacá tenham que sair de sua cidade para continuar seus estudos... vamos mobilizar os mil e quinhentos estudantes do ensino médio para essa luta, que é de todos”, afirmou Andréia Correia, presidente do Grêmio da Escola Djalma Batista. 

Sindicalista João Maciel

"Já asfaltaram a BR364, construíram a ponte sobre o Rio Tarauacá... já temos celular, internet, supermercado... só não chegou a UFAC em Tarauacá". disse o sindicalista João Maciel.











Nenhum comentário:

Postar um comentário