quinta-feira, 5 de abril de 2012

Servidores da educação municipal de Feijó ficam mais um ano sem reajuste salarial


Prefeitura diz que a folha de pagamentos está além do limite e não tem condições de dá reajuste e nem abono salarial aos servidores da educação
Após dois dias de intensas negociações entre o Sindicato dos Trabalhadores em Educação e a Prefeitura de Feijó, não houve acordo para que a Prefeitura pudesse conceder aumento de salário ou um abono salarial para os servidores da educação.


De acordo com o secretário de finanças Alberto Portela, o assessor do prefeito José Augusto Pinheiro e o contabilista da prefeitura Tarcísio Carvallieri, não há menor possibilidade de conceder aumento salarial ou abono de salário aos servidores da educação por não haver recursos, pois a folha de pagamento já se encontra, além do limite de gastos com os servidores da educação, já ultrapassando todos os limites da lei. 

Hoje, a prefeitura recebe um milhão de reais do Fundeb mensal a folha está em torno de 974.000,00, portantos os técnicos da prefeitura dizem, que não dá para usar 100% do Fundeb, somente na folha de pagamento, pois todas as ações desenvolvidas pela educação tem que contar com o Fundeb, portanto é inviável e ilegal.


Já para o Sinteac "que negociou exaustivamente com os técnicos da prefeitura o reajuste salarial, e até mesmo um abono de salario mensal de R$ = 30,00 para o pessoal de apoio e de R$ 50,00 para os professores, não foi atendido em suas reivindicações e só teve que se conforma com as explicações dos técnicos. Acabando de vez com as esperanças dos servidores da educação em receber um aumento salarial neste ano".

Para o vice-presidente do Sinteac Estadual João Sandí, tem que haver um ajuste no quadro funcional, pois só o número de contrato provisórios supera e muito o número de contratos efetivos e se continuar desta maneira a prefeitura ficará inviável até honrar seus compromissos com os recursos do Fundeb, principalmente a folha de pagamento. 

fonte Acre Feijó

Nenhum comentário:

Postar um comentário