domingo, 31 de julho de 2011

Governo lança o maior prêmio educacional do Acre: duas escolas de Tarauacá entre as 10 finalistas


Governo lança o maior prêmio educacional do Acre
Começou a disputa pelo maior prêmio da educação acreana. O Prêmio Gestão Escolar 2011 foi lançado na manhã desta quarta-feira, 27, no auditório da Secretaria de Educação, pelo secretário de Educação, Daniel Zen. O evento contou com a presença de gestores escolares, estudantes e coordenadores dos núcleos de Educação.
O Prêmio Gestão visa exercitar a cultura de autoavaliação de gestão escolar e disseminação das experiências de referência educacional que estimulem o desenvolvimento e a aprendizagem do aluno. Escolas da rede pública de ensino, que desenvolveram projetos em 2010 podem concorrer ao prêmio. As inscrições vão até o dia 17 junho.
Para Daniel Zen, o maior patrimônio do concurso não é sua premiação, mas o fato da escola poder fazer uma reflexão geral de como ela vem trabalhando. “Identificar os problemas e poder promover seus realinhamentos pedagógicos e administrativos é a grande riqueza do prêmio. Quando a escola resolve concorrer é porque ela tem convicção do bom trabalho realizado”, pontua o secretário.
Na avaliação da gestora da Escola Salgado Filho, campeã da edição anterior, Maria da Conceição, a participação no prêmio contribui para uma nova visão de como administrar uma escola. “Hoje temos um olhar mais focado para as mudanças que os tempos atuais exigem. Essa é uma oportunidade que a escola tem para mostrar que ela acolhe a diversidade. Nossa escola não é um barco à deriva, ela sabe onde vai chegar: em um porto seguro”.

Conceição também expôs aos convidados sua experiência nos Estados Unidos. Ela fez um resumo em slides de todo o processo do intercâmbio e como acontece o ensino nas escolas americanas. Na ocasião, a diretora parabenizou o acompanhamento e apoio dado pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação, órgão responsável pelo evento em âmbito nacional, durante sua estada nos EUA.
Para massificar o evento em todas as regiões do Estado, a SEE tem apostado na divulgação e orientação referentes à elaboração dos projetos. Equipes formadas por técnicos da Secretaria irão visitar os municípios para realizarem apresentações aos gestores das escolas municipais e estaduais. A ideia é que cada vez mais aumente o número de escolas do interior participando do evento. Este ano haverá lançamento do prêmio em cidades estratégicas, como Cruzeiro do Sul e Brasiléia.




Diretor da Escola Assis Vasconcelos, no município de Sena Madureira, Marcelin Freitas, vai participar pela primeira vez do evento. O gestor acredita que pode surpreender, mas o que importa é participar. “Vamos vir para mostrar nosso trabalho nas áreas de preservação ambiental, leitura e escrita. Queremos estimular nossos docentes a criar mais projetos”.

Acre já classificou duas escolas entre as finalistas nacionais

O Prêmio Nacional de Referência em Gestão Escolar do Acre teve como base a experiência e bons resultados alcançados pelas escolas participantes do Prêmio Nacional. Em 2005, o Governo instituiu através da Lei n. ° 1.650, o prêmio com o objetivo de estimular a melhoria tanto da gestão escolar, quanto do ensino nas escolas públicas do Acre.
Duas escolas acreanas já ficaram entre as seis melhores do país. A última foi em 2009, com a escola Luiza Batista, localizada no Conjunto Esperança. Antes, a Duque de Caxias também figurou entre as melhores do Brasil. No ano passado, a Escola de Ensino Fundamental Francisco Salgado Filho, de Rio Branco, venceu o prêmio por ter apresentado um projeto consistente, no qual prevalecia temáticas relacionadas à leitura, escrita e família.

Prêmio é um dos maiores pagos no Brasil

Quando for conhecida no mês de agosto, a escola campeã, que representará o Acre na edição nacional, ela não levará apenas um troféu personalizado e um abono salarial de 20% no mês posterior a todos os seus funcionários, a vencedora levará também um cheque no valor de R$ 10 mil reais para serem aplicados nas iniciativas bem sucedidas que a Instituição desenvolve. Este é o maior prêmio pago em edições estaduais no país.
Para as classificadas em 2º e 3º lugar, o prêmio é de R$ 7.500,00 e R$ 5.000,00 respectivamente. Todos os recursos serão para o desenvolvimento de projetos educativos.

ESCOLAS FINALISTAS EM 2011
Escola Estadual de Ensino Fundamental Madre Hildebranda da Prá – Rio Branco  Escola Infantil Vitória Salvatierra Cesar – Brasiléia
Escola Estadual de Ensino Fundamental Maria Raimunda Balbino – Rio Branco
Escola Estadual de Ensino Fundamental Prof. Tupanir Galdêncio da Costa – Tarauacá
Escola Estadual de Ensino Fundamental  Rosaura Mourão da Rocha – Tarauacá  
Escola Estadual de Ensino Fundamental Clinio Brandão – Rio Branco
Escola de Educação Infantil Profª Maria de Nazaré Lima – Cruzeiro do Sul
Escola Estadual de Ensino Fundamental Pde. Antonio Diogo Feijó  - Rio Branco
Escola Estadual de Ensino Fundamental Francisco Braga de Souza – Rodrigues Alves
Escola Estadual de Ensino Fundamental Francisco Nunes Leitão – Feijó


Nenhum comentário:

Postar um comentário