quinta-feira, 19 de maio de 2011

Assembléia dos Trabalhadores da Rede Municipal de Ensino

Presidente José Eurico

O Sindicado dos Trabalhadores em Educação do Acre – Sinteac (Tarauacá) realizou mais uma assembléia com os Trabalhadores em Educação da Rede Municipal de ensino na tarde desta quinta feira (19.05). O Sindicato convocou a categoria para informar sobre as últimas movimentações e os rumos que se deve tomar sobre a Data-Base 2011 dos profissionais em educação.

Na quarta feira a diretoria do Sinteac fez uma reunião interna para debater sobre a realização da assembléia. Hoje pela manhã se reuniu com o Líder da Prefeitura na Câmara Vereador Cleudo Rocha.

reunião da diretoria

Reunião com Líder da Prefeitura na Câmara - Vereador Cleudo Rocha

Cleudo se colocou à disposição para promover um processo mais intenso de negociações até o final do mês de maio e informou que a prefeita Marilete deve retornar de viagem no próximo sábado.

Em relação à polêmica sobre o Decreto da Prefeita prorrogando os mandatos dos diretores sem conversar com o Sindicato e nem com a Câmara, Cleudo disse que acha que a decisão pode ter sido precipitada e com a chegada da prefeita vai propor a revogação do mesmo e a abertura do diálogo sobre esse assunto e todos os outros pontos da proposta de data-base apresentados pelo sindicato.

Na assembléia os trabalhadores foram unânimes em repudiar a publicação do Decreto de Prorrogação dos mandatos dos atuais diretores até o mês de dezembro, por considerar uma MEDIDA AUTORITÁRIA E QUE FERE OS PRINCÍPIOS DA DEMOCRÁTICA.

Dirigente João Maciel

Por fim, a categoria decidiu conceder o prazo até 31 de maio (mês referência da data-base), para que a prefeitura apresente uma proposta que contemple os anseios dos trabalhadores.

A diretoria aproveitou a assembléia para apresentar os números do crescimento dos recursos do Fundeb em 2011 que é em média 50% maior que os de 2010.

Nos quatro primeiros meses de 2010 a prefeitura recebeu R$ 4.278.758,31 (quatro milhões, duzentos e setenta e oito mil, setecentos e cinqüenta e oito reais e trinta e um centavos).

Nos quatro primeiros meses de 2011 a prefeitura já recebeu R$ 5.961.094,41 (cinco milhões, novecentos e sessenta e um mil, noventa e quatro reais e sessenta centavos).

Desses recursos no mínimo 60% são exclusivamente para pagar salário de professores.

Os trabalhadores vão aguardar até o dia 31 de maio pela criação de uma Comissão com a presença da Câmara de Vereadores, Seme, representantes dos diretores, Prefeita e Sinteac para intensificar as negociações.

A categoria espera por:

1.     Revogação do Decreto que prorroga os mandatos dos diretores;

2.     Criação de uma comissão para discutir a situação dos atuais gestores;

3.     Reformulação da Lei de Gestão;

4.     Reformulação do PCCR;

5.     Reajuste linear de 15% para todos os Trabalhadores em Educação;

6.     Publicação do Edital do Concurso Público Municipal.

No dia 1º de junho acontecerá uma nova assembléia onde os trabalhadores se reunirão para avaliar o resultado das negociações.

FOTOS DA ASSEMBLÉIA


Nenhum comentário:

Postar um comentário