quarta-feira, 4 de maio de 2011

Aumenta carga horária e frequência de alunos


A Comissão de Educação do Senado aprovou, nesta terça-feira (3), projeto de lei que aumenta de 800 para 960 horas anuais a carga horária mínima para os ensinos infantil, fundamental e médio. Como foi aprovada em caráter terminativo, a matéria segue, agora, à apreciação da Câmara dos Deputados.

Essas 960 horas, pelo projeto, serão distribuídas pelo período de 200 dias do ano letivo, excluindo os dias destinados aos exames finais, quando houver. Assim, a carga horária diária aumentará em 40 minutos.

O relator do projeto, deputado Cyro Miranda (PSDB-GO), determinou que as mudanças no calendário escolar só entrarão em vigor dois anos após a publicação da lei no Diário Oficial da União. Dessa forma as escolas terão bastante tempo para se adaptar.

Se a lei for aprovada pelo Congresso e sancionada pela presidente Dilma Rousseff ainda este ano, a nova carga horária só entrará em vigor em 1º de janeiro de 2013.

Também foi aprovado pela comissão o projeto de lei que aumenta de 75% para 80% a frequência mínima para a aprovação de estudantes no ensino fundamental.

A proposta esclarece que, no caso de afastamento do estudante da sala de aula por motivo de saúde, o atestado médico apresentado garantirá o direito de fazer provas em segunda chamada, "mas não abona as faltas que lhe foram imputadas".

Esse PL também seguirá para apreciação na Câmara dos deputados.

Fonte: www.r7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário