quarta-feira, 16 de setembro de 2009

DEMISSÕES DOS PROVISÓRIOS EM TARAUACÁ

BAGAÇO DA LARANJA: ELES DECIDIRAM A ELEIÇÃO EM TARAUACÁ E AGORA ESTÃO NO OLHO DA RUA

Os funcionários de contratos provisórios da Prefeitura Municipal de Tarauacá, contratados sem concurso, exclusivamente para decidirem a eleição a favor de Vando Torquato (vencedor da eleição por 300 votos), agora receberam o agradecimento por parte do eleito. Foram demitidos.

A maioria dos demitidos estava lotada na Secretaria Municipal de Educação e outros na Secretaria de Saúde. Muitos deles ainda nem sabem que foram demitidos pois estão na zona rural.

Esses funcionários e seus familiares foram pressionados, monitorados e, praticamente, obrigados a votar no prefeito.

O prefeito sabia que não podia contratar da forma que contratou, mas, esses servidores foram decisivos no processo de eleição para prefeito (105 famílias).

Agora com um discurso de que está sendo obrigado pela justiça o Prefeito demite sumariamente. Só falta dizer a culpa é da oposição.

Lamentamos que essa centena de famílias tenha passado por esse constrangimento.

Uma irresponsabilidade sem precedentes.

Atualmente não se ouve mais notícias de demissões pois, o instrumento do concurso público, mesmo para contratos temporários, é usado pela maioria das prefeituras do país.

O que aconteceu em Tarauacá foi crime eleitoral. Pessoas contratadas antes e demitidas depois da eleição.

Fala-se que a outra lista deve sair em breve porque nem todos os provisórios foram demitidos.

Os vereadores da base de sustentação do prefeito na Câmara Municipal, que indicaram a maioria dos provisórios, também são responsáveis pelas demissões.

Espera-se agora a realização de um concurso público sério, para que essas pessoas possam ingressar no serviço público de forma legal e justa.



CONFIRA A LISTA DA PRIMEIRA LEVA DE DEMITIDOS





clique na imagem para ampliar

clique na imagem para ampliar

clique na imagem para ampliar

clique na imagem para ampliar


clique na imagem para ampliar


clique na imagem para ampliar

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Ufac divulga lista de isentos do vestibular 2010

Resultado está disponível nos murais da universidade e será disponibilizado no site da instituição

Quem requereu a isenção da taxa de inscrição do vestibular 2010 da Universidade Federal do Acre já pode conferir se teve o pedido aceito pela Comissão Permanente do Vestibular (Copeve). A lista com o nome dos isentos está sendo disponibilizada nos núcleos da Ufac e em breve será colocada no site da instituição (http://www.ufac.br/).
Aqueles que tiveram o requerimento aprovado terão até o dia 30 deste mês para realizar a ins crição, assim como os demais candidatos que terão que pagar a taxa, equivalente a R$ 50. O candidato que teve o pedido de isenção deferido terá sua inscrição ao Processo Seletivo Vestibular automaticamente confirmada. Já quem tiver o pedido de isenção indeferido deverá efetuar o pagamento da taxa de inscrição.
As provas do vestibular 2010 da Ufac serão realizadas nos dias 8 e 9 de novembro, e o resultado final deverá ser divulgado pela Copeve até 15 de janeiro.

Cursos de Letras e Pedagogia da Ufac/Juruá estão entre os melhores do país


Mais de 90% dos alunos da instituição provêm de escolas públicas, provando os resultados dos investimentos feitos pelo Governo do Estado no setor
Os cursos de Pedagogia e Letras da Universidade Federal do Acre em Cruzeiro do Sul tiveram ótimos resultados no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) que avalia a formação de estudantes de nível superior. Eles obtiveram a nota 4 num certame em que a nota máxima é 5. O exame, realizado no ano passado, avaliou 7.329 cursos em 30 áreas em todo o país. Mais de um terço dos cursos analisados obtiveram desempenho insatisfatório (notas 1 ou 2).
Para o coordenador em exercício do curso de Letras, Mauro Uchoa e a coordenadora do curso de Pedagogia, Ete Feitosa, o resultado do exame tem um grande significado para a região do Juruá, pois mostra que a universidade está colocando no mercado de trabalho pessoas competentes, na maioria professores, que ajudam a promover a melhoria do ensino, tanto do Médio quanto do Fundamental.
Um total de 69 alunos de Letras e 101 de Pedagogia participaram do Enade. O curso de Letras/Português existe em Cruzeiro do Sul desde 1989; em 1992 surgiu o Letras/ Inglês e, finalmente, em 2008 o Letras/Espanhol. Atualmente os três cursos têm 189 alunos. O curso de Pedagogia tem 17 anos de existência e já formou 14 turmas, mais de 400 professores, muitos deles atuantes no magistério na região.
O curso de Letras chegou a estar ameaçado de fechar as portas poucos anos atrás, devido aos maus resultados obtidos no ‘Provão' (exame anterior ao Enade) e à infraestrutura deficiente. A volta por cima no Enade/2008, encheu de orgulho a equipe de professores e aponta que o Ensino Superior no Juruá está em franca evolução.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

MEC deve receber R$ 80 milhões











A Câmara dos Deputados vai destinar R$ 80 milhões, economizados neste ano pela Casa, para programas de educação infantil do ministério (creche e pré-escola). A transferência dos recursos foi acertada entre o ministro da Educação, Fernando Haddad, e o presidente da Câmara, Michel Temer.


Haddad explicou que já acertou a transferência com o Ministério do Planejamento. O remanejamento da verba será feito por meio de projeto de lei que será encaminhado pelo governo ao Congresso Nacional. Caso não houvesse essa destinação direta, os recursos seriam devolvidos ao Tesouro Nacional.


O ministro informou que o dinheiro será repassado às prefeituras por meio de convênios já firmados com os municípios. Ele disse que os recursos permitirão a construção de 80 creches que beneficiarão 16 mil crianças.

Quatro cursos da Ufac obtêm nota máxima no Enade


Quatro cursos da Universidade Federal do Acre (Ufac) tiveram nota máxima no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade). A proposta do exame é avaliar a educação superior em todo o país. Durante o último exame realizado pelo Ministério da Educação, mais de 7 mil cursos foram avaliados no Brasil.
Na Ufac, os cursos de Pedagogia e Química de Rio Branco e também Letras e Pedagogia de Cruzeiro do Sul alcançaram nota 5 - a máxima da avaliação.
Os demais cursos obtiveram a média entre 3 e 4, sendo o curso de Matemática de Rio Branco o com a menor média: 2 pontos.
A reitora Olinda Batista Assmar atribui o resultado do Enade aos investimentos em profissionais, tendo hoje a instituição um dos mais qualificados quadros de professores com especialização no Acre.
Acesse aqui a pontuação completa do Enade 2009

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

AÇÃO NA JUSTIÇA MOVIDA PELO SINTAR E SINTEAC, CONTRA A PREFEITURA DE TARAUACÁ.

PIS-PASEP E FGTS.

O SINTEAC O JUNTO COM O SIMTAR IRÃO ENTRAR COM AÇÃO NA JUSTIÇA CONTRA A PREFEITURA MUNICIPAL DE TARAUACÁ, PEDINDO O PAGAMENTO DESSES E MAIS LISURA NO TRATAMENTO DOS RECURSOS DO PIS-PASEP E DO FGTS. ALÉM DO CUMPRIMENTO DO PROJETO DE LEI ENVIADO PELO PREFEITO A CAMARA QUE REJUSTAVA O SALARIO DOS FUNCIONARIOS DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA AÇÃO NA JUSTIÇA DO PIS-PASEP

· RG

· CPF

· DOIS ULTIMOS CONTRACHEQUES

· CONTRATO DE TRABALHO OU CARTEIRA DE TRABALHO

· CARTÃO DO PIS-PASEP

· EXTRATO DO PIS-PASEP DO BANCO DO BRASIL

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA AÇÃO NA JUSTIÇA DO FGTS.

· RG

· CPF

· ULTIMO CONTRACHEQUE

· CONTRATO DE TRABALHO OU CARTEIRA DE TRABALHO

· EXTRATO DO FGTS DA CAIXA ECONOMICA

OBS: a documentação será entregue no sinteac, até o dia 11/09/2009.

SINTEAC E SIMTAR.

Não erre na sílaba tônica

Saiba como pronunciar corretamente as palavras a seguir:

Não diga “AZÍAGO”, diga AZIAGO.

Não diga “CATÉTER”, diga CATETER.

Não diga “CIRCUÍTO”, diga CIRCUITO.

Não diga “CÔNDOR”, diga CONDOR.

Não diga “CRISANTEMO”, diga CRISÂNTEMO.

Não diga “FILÂNTROPO” e “MISÂNTROPO”, diga FILANTROPO e MISANTROPO (sempre com o “o” fechado).

Não diga “FORTUÍTO”, diga FORTUITO.

Não diga “GRATUÍTO”, diga GRATUITO.

Não diga “INTERIM”, diga “ÍNTERIM” — um amigo mineiro me disse que “INTERIM” é o contrário de “PARTIDIM”. É, eu tenho um “AMIGUIM ENGRAÇADIM”.

Não diga “MAQUIRIA”, diga MAQUINARIA.

Não diga “MONOLITO”, diga MOLITO.

Não diga “BEL”, diga NOBEL.

Não diga “GADA”, diga PEGADA.

Não diga “PROTOTIPO”, diga PROTIPO.

Não diga “DICO”, diga “PUDICO”.

Não diga “CEM”, diga RECÉM.

Não diga “CORDE”, diga RECORDE.

Não diga “BRICA”, diga “RUBRICA”.

Não diga “RUIM”, diga “RUIM”.

Não diga “TEXTIL”, diga “TÊXTIL”.

Não diga “UTER”, diga “URETER”.


Leia mais sobre:
Português Urgente