sábado, 1 de agosto de 2009

ROSAURA NA FINAL: Vamos buscar o prêmio de gestão para Tarauacá.

A Escola

Um ambiente decente para se educar

Rosaura Mourão da Rocha, a escola da comunidade do Bairro da Praia

Professora e Pedagoga Raimunda Magda comanda a escola com competência e sabedoria

Irmão Braz Lânius um intelectual imprescindível à nossa educação.

De Tarauacá mais vem mais uma das escolas finalistas do Prêmio de Gestão 2009. É a Escola Rosaura Mourão da Rocha. A escola da comunidade do Bairro da Praia, maior bairro da cidade.

A comunidade escolar está em festa e já se sente vencedora pelo fato de poder participar do prêmio e, mais ainda, de ser uma das finalistas.

A ESCOLA: A Escola de Ensino Fundamental “Rosaura Mourão da Rocha”, fundada pelo então Governador Nabor Teles da Rocha Júnior, na administração do ex-secretário de Educação e Cultura Profº Raimundo Nonato Mourão Marques, o qual visitando o município em 1984 esteve presente na antiga Escola Omar Sabino de Paula, no qual se sensibilizou ao verificar o péssimo estado físico da referida escola, e no mesmo dia reuniu: pais, funcionários, direção, professores e alunos, e de comum acordo resolveram transferir provisoriamente o funcionamento da Escola Omar Sabino de Paula para as dependências da antiga escola de Ensino Médio Dr. Djalma da Cunha Batista, comprometendo-se em construir uma nova escola no mesmo bairro, e que desse todas as condições necessárias de pleno funcionamento para desenvolver o processo de ensino e aprendizagem, que atendesse toda a clientela do bairro.

ESCOLA E COMUNIDADE: A Escola Rosaura está localizado no maior e mais populoso bairro da cidade que é o Bairro da Praia. Um bairro periférico que tem na escola a referência para a educação da comunidade.

INFRA: Contamos com 11 salas de aula, 01 diretoria, 01 secretaria, 01 sala dos professores, 01 mini sala de coordenação, 01 laboratório de informática, 01 sala de multimeios, 01 almoxarifado, 01 despensa, 01 cantina, refeitório ( área da escola), banheiros masculinos e femininos.

RELACIONAMENTO: priorizamos o bom relacionamento com toda comunidade escolar, onde todos os professores, pais, funcionários estão voltados para um único objetivo que é “desenvolver as potencialidades dos educandos, tornando-os preparados para alcançar seus objetivos” e formá-los como verdadeiros cidadãos.

A PROPOSTA: A Escola “Rosaura Mourão da Rocha” desenvolve uma proposta de atividade educacional visando estimular a formação integral dos discentes através da resolução de situações problemas, incentivando a capacidade dos mesmos de viver e trabalhar juntos para o bem comum, valorizando o valor supremo do homem nas relações sociais, econômicas e políticas.

CONCEPÇÃO DE EDUCAÇÃO: a escola propõe uma educação ampla, processual e permanente, que ajuda o indivíduo desenvolver competências e habilidades para que possa agir e interagir no meio em que está inserido, de forma crítica e atuante, refletindo tanto sobre a sua realidade de vida como as outras realidades.

CONHECIMENTO: trabalhamos um currículo aberto que articule os diferentes tipos de conhecimentos, isto é, aqueles trazidos pelos alunos e educadores e os sistematizados pela comunidade. Assim sendo, trabalhamos a partir dos Parâmetros Curriculares Nacionais e dos Referenciais Curriculares da Secretaria de Estado de Educação que contemplam o currículo.

O QUADRO: Atualmente nosso quadro de servidores é formado pela Equipe Gestora, coordenadores pedagógicos, 39 docentes e 23 funcionários. Atendemos cerca de 640 alunos em três turnos, abrangendo o Ensino Fundamental do 1º ao 5º ano e Poronga no 1º turno, de 6º ao 9º ano e Poronga no 2º turno e Educação de Jovens e Adultos – EJA 1º e 2º segmento no 3º turno, estando situada na rua João de Paiva, nº 800, bairro Senador Pompeu, Tarauacá-Acre, inscrita no CNPJ sob o nº 01.223.447/0001-92.

PARTICIPAÇÃO NO PRÊMIO DE FESTÃO: Essa é a primeira vez que estamos participando do Prêmio Nacional de Referência em Gestão Escolar, sentimos muita dificuldade em sua elaboração mais aprendemos muito também, coisas que julgamos sem importância, nesse momento se tornam essenciais como uma evidência do nosso trabalho na escola.

Neste ano de IDEB, avaliações externas e de várias formações estão centrando forças nas séries que irão fazer a avaliação externa, com o objetivo de alcançarmos um resultado favorável, por isso, todos estão num trabalho intenso, querendo fazer o melhor por nossos alunos e pelo desempenho da escola de um modo geral, por isso montamos uma equipe em cima do Colegiado Escolar, onde tem representantes de todos os segmentos da escola.

A elaboração do trabalho foi desenvolvida de forma participativa, com a criação do Colegiado com representantes de cada segmento da escola, para juntos repensar nossos trabalhos anteriores, perfazendo um caminho de avaliação não só dos resultados, mas de todas as ações realizadas na escola por toda a comunidade escolar, referente a função de cada segmento.

Interessante expressar que o Plano de Gestão permite que a escola tenha seu retrato fiel, olhando de forma diferente, muitos aspectos que antes passavam despercebidos, como é o caso do registro. A escola desenvolve tantas atividades inovadoras, bonitas e necessárias e muitas vezes esquecem de registrar. Perdendo a oportunidade de rever e avaliar melhor o quem vem fazendo. E com esse trabalho,que hora fazemos, passamos a ver o registro como essencial em todas as nossas atividades, uma vez que essas evidências mostrarão de forma democrática a toda a comunidade escolar as medidas que tomamos para um trabalho de qualidade. Dessa forma, a escola determina papéis, envolve a todos, realiza um trabalho cooperativo, motiva sua comunidade e eleva os resultados, num regime de co-responsabilização por todos os envolvidos.

Portanto, a partir de agora, a Escola Rosaura Mourão assume uma nova postura, participando sempre do Prêmio de Gestão, não só pelo prêmio em si, mas para facilitar o trabalho da escola e sistematizá-lo de forma a garantir o sucesso do trabalho e dos alunos. Para isso contou com participação dos envolvidos no Colegiado, que contribuíram com as discussões, auto avaliação e registros.

A EQUIPE:

Raimunda Magda Guimarães Ferreira - Getora

Maria Luzanira Matias Correa – Presidente do Conselho Escolar

Gilcélia da Silva Oliveira – Coordenadora Administrativa

Irmão Braz Lanius – Coordenador Pedagógico

Vânia Lúcia Melo Monteiro: Professora

Luceíde Carvalho Bezerra: Servidora do quadro administrativo

Valderlândia Alcântara Aquino: Mãe de aluno

Yris Lorrane de Sousa: Estudante da escola

Francicléia da Rocha Derze: Professora Voluntária

TARAUACÁ NA FINAL DO PRÊMIO DE GESTÃO ESCOLAR 2009


Leitura é incentivada em todas as atividades da escola (Foto: Assessoria SEE)

Na escola, todos se envolvem na proposta de oferecer uma boa formação (Foto: Assessoria SEE)


Escola de Tarauacá é finalista do Prêmio Gestão Escolar 2009

Da terra onde se produz o melhor abacaxi do Acre, vem uma das escolas finalistas do Prêmio Gestão Escolar 2009. A Escola Profº Tupanir Gaudêncio da Costa apresenta projetos inovadores na busca pela qualidade de ensino. Localizada no município de Tarauacá, bairro Triângulo, atende 600 alunos nos três turnos de 1ª a 8ª série e EJA.

A escola tem projetos como o Leiloando folhas de conhecimento, uma iniciativa voltada para o reforço de alunos de 5ª à 8ª série que possuem dificuldades na leitura e escrita, onde os mesmos têm a oportunidade de ter aulas em horário extra, três dias por semana com duas horas de duração.

Para manter a comunidade presente, a equipe gestora reúne-se periodicamente para discutir através da troca de idéias, os pontos positivos e negativos das ações realizadas. "Esta gestão tem como marca a participação ativa da comunidade, do corpo administrativo e dos alunos que acreditam ser possível obter uma educação de qualidade em uma escola de periferia", explica a diretora da instituição, Raimunda Rocha.

O envolvimento da comunidade escolar é tanta que no dia em que a escola foi informada que era uma das finalistas, as aulas foram interrompidas pelos pais dos alunos que confeccionaram cartazes e faixas e distribuíram no bairro, parabenizando por estarem entre as dez melhores.

A preocupação constante em superar as deficiências da leitura e da escrita, tem feito com que a Tupanir desenvolva outros projetos como o Despertar para a leitura, que visa formar leitores e escritores competentes através da produção de textos, onde o aluno utiliza as diferentes linguagens verbais e escritas como meio de expressar e comunicar suas idéias.

Dentro do item inclusão social, a Escola Tupanir Gaudêncio dá exemplo ao receber adolescentes que se encontram em regime de ressocialização, na casa de detenção de menor. "Acreditamos que a escola é transformadora também de comportamento e deve estar preparada para trabalhar com esses alunos e direcioná-los para uma vida em sociedade", explica a gestora.

Depois da capital, com 05 projetos, o município de Tarauacá foi o que mais classificou para a final do Prêmio Gestão Escolar 2009, três no total. Brasileia e Cruzeiro do Sul concorrem com um projeto cada.(Ernani Baracho, Assessoria SEE)


FONTE: Agência de Notícias do Acre