terça-feira, 6 de outubro de 2009

Tradição marca formatura do Peem Poronga em Brasileia


A formatura dos cem alunos do Programa Especial de Ensino Médio-Peem Poronga de Brasileia, que aconteceu na última sexta-feira, 2, foi marcada pela tradição das antigas cerimônias de colação de grau com direito a foto oficial de beca e entrega de aneis pelos padrinhos dos formandos. O evento contou com a presença da prefeita Leila Galvão, da gerente do programa, Maday Correia, diretores de escolas e familiares dos estudantes.
"Colocamos todos os nossos esforços para oferecer a esses jovens um ensino de qualidade, mas de forma acelerada, para que não perdessem mais tempo e pudessem seguir com seus sonhos de ser advogados, médicos, professores, enfim, uma profissão que dê a eles um futuro brilhante", lembra a coordenadora Maday Correia.

Entre as muitas histórias de superação que fazem parte das pessoas que frequentam o Peem Poronga, está a do funcionário público que trabalha como gari em Brasileia Kelliton Araújo, 26, que abandonou os estudos muito jovem para trabalhar e poder sustentar os quatro filhos. Seu retorno à sala de aula veio quando a mulher também decidiu que queria concluir o ensino médio. "Fui motivado por ela e pela metodologia do curso. Valeu a pena esse período de um ano e meio, pois hoje sou mais atualizado, o que é muito importante", declara.

Pela primeira vez disponibilizado para o interior do Acre, o Programa Especial de Aceleração do Ensino Médio já fez a alegria de centenas de jovens, que descobriram na iniciativa inovadora da modalidade, o prazer de voltar aos estudos e ter o diploma de conclusão do antigo segundo grau. Esse encanto pode ser visto nas palavras da estudante Ana Batista, que aos 27 anos encontrou no Peem o incentivo e estímulo de um curso cuja metodologia foge do ensino tradicional. "Conheci o projeto por meio de um programa de rádio e me interessei porque ele dava a oportunidade de me formar não só em conhecimentos gerais, mas também com competências e habilidades em outras áreas, como o empreendedorismo."

Nesta quarta-feira, 7, a equipe da Secretaria de Estado de Educação (SEE) chega a Feijó, onde certificará 130 jovens com o ensino médio pelo Peem. No dia seguinte, mais 161 alunos de Tarauacá serão diplomados.

O Programa Especial de Ensino Médio-Peem é uma proposta pedagógica realizada no Acre pelo Governo do Estado, pensada para alunos do ensino médio da rede estadual que se encontram em distorção idade/série, voltada para o mundo do trabalho, para o desenvolvimento de competências e para a formação de cidadania.

Nenhum comentário:

Postar um comentário