domingo, 25 de outubro de 2009

Sindicato dos Trabalhadores em Educação comemora adesão de plano de saúde mais barato do Estado

 Entre as conquistas que o Sindicato dos Trabalhadores em educação do Estado do Acre (Sinteac) vêm comemorando nos últimos anos, o presidente da entidade, Manoel Lima, anunciou na última sexta-feira o convênio com a Unimed/AC, pelo qual oferecerá a todos os sócios e filiados do Sinteac um plano de saúde bem mais acessível ao bolso em relação aos concorrentes do mercado. Segundo Lima, essa é uma conquista e oportunidade para a categoria dispor de um pouco mais de segurança em coberturas médicas, já que o sistema público de saúde do Estado, ainda deixa muito a desejar a população acreana. E contou também, que haverá outras negociações com a instituição, para que está possa se comprometer com a entidade em manter preços melhores, além de prazos maiores para reajustes típicos do plano.
   “Tudo que queremos é oferecer um plano de saúde digno ao bolso de cada servidor, e a Unimed foi sensível a categoria, e nos proporcionou está conquista. Sabemos que nosso sindicato é o maior do Estado, mas que 60% dos nossos associados dispõem de salários bem mais humildes, como é o caso dos vigias e merendeiras. Por tanto, os esforços feitos pelo sindicato é para que esse plano seja sucessivo a essas pessoas, inclusive baseado no salário delas”, destaca.
    O presidente do Sinteac criticou a saúde pública do Estado dizendo que ela ainda não atende as necessidades dos acreanos, por isso muitas pessoas precisam recorrer cada vez mais aos planos de saúde particular, para que assim possam sentir mais proteção quando necessitarem de atendimento médico.
    “Fora esse convênio, buscamos também outras alternativas que já acontece em outros Estado, ou seja, um plano de saúde que o governo do Estado possa ter essa contra-partida que chamamos de auxilio saúde. Com isso as pessoas mais humildes podem ser contempladas com um plano de saúde melhor, e condizente com a sua situação financeira”,
    O Sinteac conta hoje com mais de 13 mil filiados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário