sábado, 1 de agosto de 2009

TARAUACÁ NA FINAL DO PRÊMIO DE GESTÃO ESCOLAR 2009


Leitura é incentivada em todas as atividades da escola (Foto: Assessoria SEE)

Na escola, todos se envolvem na proposta de oferecer uma boa formação (Foto: Assessoria SEE)


Escola de Tarauacá é finalista do Prêmio Gestão Escolar 2009

Da terra onde se produz o melhor abacaxi do Acre, vem uma das escolas finalistas do Prêmio Gestão Escolar 2009. A Escola Profº Tupanir Gaudêncio da Costa apresenta projetos inovadores na busca pela qualidade de ensino. Localizada no município de Tarauacá, bairro Triângulo, atende 600 alunos nos três turnos de 1ª a 8ª série e EJA.

A escola tem projetos como o Leiloando folhas de conhecimento, uma iniciativa voltada para o reforço de alunos de 5ª à 8ª série que possuem dificuldades na leitura e escrita, onde os mesmos têm a oportunidade de ter aulas em horário extra, três dias por semana com duas horas de duração.

Para manter a comunidade presente, a equipe gestora reúne-se periodicamente para discutir através da troca de idéias, os pontos positivos e negativos das ações realizadas. "Esta gestão tem como marca a participação ativa da comunidade, do corpo administrativo e dos alunos que acreditam ser possível obter uma educação de qualidade em uma escola de periferia", explica a diretora da instituição, Raimunda Rocha.

O envolvimento da comunidade escolar é tanta que no dia em que a escola foi informada que era uma das finalistas, as aulas foram interrompidas pelos pais dos alunos que confeccionaram cartazes e faixas e distribuíram no bairro, parabenizando por estarem entre as dez melhores.

A preocupação constante em superar as deficiências da leitura e da escrita, tem feito com que a Tupanir desenvolva outros projetos como o Despertar para a leitura, que visa formar leitores e escritores competentes através da produção de textos, onde o aluno utiliza as diferentes linguagens verbais e escritas como meio de expressar e comunicar suas idéias.

Dentro do item inclusão social, a Escola Tupanir Gaudêncio dá exemplo ao receber adolescentes que se encontram em regime de ressocialização, na casa de detenção de menor. "Acreditamos que a escola é transformadora também de comportamento e deve estar preparada para trabalhar com esses alunos e direcioná-los para uma vida em sociedade", explica a gestora.

Depois da capital, com 05 projetos, o município de Tarauacá foi o que mais classificou para a final do Prêmio Gestão Escolar 2009, três no total. Brasileia e Cruzeiro do Sul concorrem com um projeto cada.(Ernani Baracho, Assessoria SEE)


FONTE: Agência de Notícias do Acre

Nenhum comentário:

Postar um comentário