sábado, 30 de maio de 2009

ACABOU A PACIÊNCIA: SERVIDORES MUNICIPAIS CONSIDERAM RIDÍCULA A PROPOSTA DA PREFEITURA E ANUNCIAM GREVE PARA A PRÓXIMA QUARTA FEIRA.


Secretária Ciméia Bayma sozinha  e abandonada pelo Prefeito apresentou uma proposta que não contempla a categoria.

Presidente João Maciel comanda a Assembléia

Servidores no limite da paciência 

Na próxima quarta feira eles vão ocupar, pacificamente, a Secretaria de Educação


Reunidos em assembléia geral na última sexta feira, 29 de maio, os Trabalhadores da Rede Municipal de Educação decidiram radicalizar o movimento da categoria e anunciam a suspensão de suas atividades pra próxima quarta feira, dia 03 de junho.

Os motivos da decisão da categoria segundo o presidente João Maciel foram vários:

1-        Desde o início do ano o sindicato vem tentando negociar com a prefeitura a data-base da categoria e a o governo municipal nunca deu a menor atenção;

2-        Enquanto o tempo foi passando o Prefeito foi nomeando indiscriminadamente um grande número de funcionários com contratos provisórios e prestadores de serviços o que fez com que o quadro de pessoal da Secretaria chegasse ao número absurdo de 930 funcionários (dados da própria secretaria);

3-        Enquanto o sindicato insistia em abrir o processo de negociação o Prefeito continuou gastando o dinheiro do Fundeb como bem entendeu e comprometeu toda a receita do Fundo;

4-        A nova Secretária de Educação pediu um prazo para apresentar uma proposta ao sindicato e no documento enviado ao sindicato não consta nenhum avanço para a categoria;

5-        O sindicato afirma e reafirma que não tem condições de negociar somente com a secretária pois a mesma não tem poder de decisão e nem tem conhecimento suficiente para resolver a questão;

6-        O sindicato ainda insiste que é possível encontrar uma solução negociada e que para isso deve haver interesse do Prefeito;

7-        Só restou para a categoria o instrumento da greve como forma de pressão para forçar o Prefeito à mesa de negociação.

 

Na próxima quarta feira, 03 de junho, os Trabalhadores em Educação farão uma nova reunião e provavelmente vão fazer uma ocupação pacífica no prédio da Secretaria de Educação para exigir que suas propostas sejam atendidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário